O livre arbítrio é responsável pelo sofrimento? | Timothy Keller

Entre a cruz e a suástica: O Evangelho e a supremacia racial | Felipe Wieira
17/ago/2017
Estejam preparados | Philip Ryken
24/ago/2017

O ser humano possui livre-arbítrio? O livre arbítrio é uma resposta legítima ao problema do mal? Neste vídeo, Tim Keller mostra que o livre-arbítrio, embora seja insuficiente para responder completamente o problema do mal, é, de fato, parte da resposta.

Timothy Keller nasceu e cresceu na Pensilvânia, com formação acadêmica na Bucknell University, no Gordon-Conwell Theological Seminary e no Westminster Theological Seminary. Ele é pastor da Redeemer Presbyterian Church, em Manhattan. Já esteve na lista de best-sellers do New York Times e escreveu vários livros, entre eles A fé na era do ceticismo, Igreja centrada, A cruz do Rei, Encontros com Jesus, Ego transformado, Justiça generosa, entre outros, todos publicados por Vida Nova.
caminhando-deus-em-meio-dor-sofrimento“SE VOCÊ CRÊ EM JESUS E DESCANSA EM SEUS BRAÇOS, O SOFRIMENTO ESTARÁ PARA O SEU CARÁTER ASSIM COMO O FOGO PARA O OURO.”

“Você deseja saber quem é, quais são seus pontos fortes e fracos? Deseja ser uma pessoa compassiva que sabe ajudar os que estão sofrendo? Quer confiar tanto em Deus que não se abalará com as decepções da vida? Deseja ter sabedoria para direcionar a vida? Esses quatro desejos comuns são cruciais, mas nenhum deles é alcançado sem sofrimento. Não há como saber quem realmente somos até sermos provados. Não há como demonstrar empatia e solidariedade para com as pessoas que sofrem, a não ser que tenhamos sofrido. Não há como aprender de verdade a confiar em Deus até começarmos a afundar nas águas.”

Explicar por que Deus permite dor e sofrimento no mundo é uma questão que tem exasperado o ser humano há milênios. Timothy Keller, autor de obras que já venderam milhões de exemplares no mundo inteiro, para leitores religiosos ou não, analisa essa questão mostrando que há sentido e razão por trás de nossa dor e sofrimento e defendendo o argumento forte e inovador de que essa parte essencial da experiência humana só pode ser superada pela compreensão de nosso relacionamento com Deus.

Publicado por Vida Nova.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: