Por que a beleza importa? | Roger Scruton

O que acontece depois que morremos?
17/set/2013
Sofrimento: desperdício ou descoberta? | Jonas Madureira
24/set/2013

Este documentário foi dirigido pelo filósofo inglês Roger Scruton – um dos mais importantes intelectuais conservadores da Europa – e veiculado pela BBC em 28/11/2009. Nele, de uma forma brilhante, instigante e muito elucidativa, o professor Roger Scruton demonstra como a partir do século XX, perdendo o senso ético e estético de(a) Beleza, a humanidade afundou-se ainda mais no que ele chama, com inteira razão, de deserto espiritual. Tal deserto, indubitavelmente, é um dos frutos do ideal, soberbo e falacioso, da modernidade iluminista que assentiu que “o homem é a medida de todas as coisas“. Hoje, já na pós-modernidade da humanidade, já não há mais senso ético e estético de Verdade, de Bondade ou, como bem explica Dr. Scruton, de Beleza. As consequências disso? Muitas! Todas girando em torno do que no cristianismo se chama de “feiura da alma” ou, nas palavras do filósofo inglês “a cult of ugliness”.

BBC. © Todos os direitos reservados.

Roger Scruton é um proeminente filósofo inglês e lecionou por mais de vinte anos na Universidade de Londres. Hoje está na Universidade de St. Andrews, na Universidade de Boston e no American Enterprise Institute. Concentra-se academicamente na área da estética, compondo o conselho editorial do British Journal of Aesthetics. Fundou a revista de orientação conservadora The Salisbury Review. É autor de best-sellers em estética e em filosofia política.
Leia também  Por que a arte moderna é tão ruim? | Robert Florczak

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: