Por que Deus criou pessoas que Ele sabia que o rejeitariam? | William Lane Craig

Suas lentes estão sujas, riscadas ou com defeito? | Fábio Mendes
25/out/2012
O que é a partícula de Deus? | William Lane Craig
01/nov/2012

© Reasonable Faith. Website: reasonablefaith.org

Legendado e traduzido por Jonathan Silveira.

vc087mhiWilliam Lane Craig é doutor em filosofia pela Universidade de Birmingham, na Inglaterra, e em teologia pela Universidade de Munique, na Alemanha. Atualmente é professor de filosofia da Universidade Biola, na Califórnia. É conferencista internacional e autor de dezenas de artigos e livros no campo da filosofia e da apologética. Em parceria com J. P. Moreland, escreveu a monumental Filosofia e cosmovisão cristã, além das obras Apologética para questões difíceis da vida, Em guarda e Apologética contemporânea, publicadas por Vida Nova.
Por que Deus não responde às minhas orações? Se Deus é onipotente, por que o mal existe? Se Deus é tão amoroso, por que sofremos? Qual é o significado do sofrimento para o cristão? Como ele deve lidar com suas dúvidas?

Todo aquele que busca compreender as razões de sua fé acaba se deparando com questões complicadas como sofrimento, dúvida, fracasso, existência do mal e orações não respondidas, mas muitas vezes, em meio a nossa sociedade cada vez mais culturalmente estagnada, não encontra respostas bem elaboradas, francas e inteligentes.

Além de tratar dessas, o autor, William Lane Craig, que é doutor em teologia e filosofia, também encara de frente questões espinhosas da atualidade que envolvem as polêmicas do aborto e da homossexualidade. Se você está procurando um livro de apologética que apresente uma reflexão bíblica, profunda e honesta sobre questões difíceis da vida, esta obra, ao contrário do que se tem visto por aí, trata desses problemas de forma menos apressada e mais aprofundada. O objetivo é que este livro possa ajudá-lo em sua busca de compreender o plano divino, afinal, com diz em 1Pe 3.15, é tarefa de todo cristão estar sempre preparado para responder a todo aquele que lhe pedir a razão da sua esperança.

Publicado por Vida Nova.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: